Rodovias de MG registram aumento no número de mortes e acidentes no feriado

BELO HORIZONTE ¿ O boletim divulgado nesta segunda-feira pela Polícia Rodoviária Federal mostra que o feriado prolongado do Dia do Trabalho deste ano foi mais violento do que o de 2008 nas rodovias federais mineiras. De acordo com o balanço, foram registrados em quatro dias no Estado de Minas Gerais 337 acidentes, com 197 feridos e 18 mortos.

Redação |

No feriadão do Dia do Trabalho de 2008, a PRF contabilizou em cinco dias 279 acidentes, com 173 feridos e 13 vítimas fatais.

A operação da PRF deste ano teve início à zero hora da última quinta-feira e foi encerrada à meia-noite de domingo. O maior número de acidentes registrados aconteceu no dia 1º de maio, com 154 ocorrências. Em seguida, vem o dia 30 de abril, com 76 acidentes, dia 3 de maio, com 64, e dia 2 de maio, com 43.

Sobre os números de vítimas fatais, a Polícia Rodoviária Federal informa que seis pessoas morreram no dia 30 de abril, seis no dia 1º de maio, duas no sábado e quatro no domingo. Ainda segundo o balanço divulgado, nove pessoas perderam a vida em colisões entre veículos, cinco em atropelamentos, duas em tombamentos seguidos por colisões, uma em um capotamento e outra e uma queda de moto.

A rodovia que registrou o maior índice de acidentes com vítimas fatais foi a Fernão Dias (BR-381), que liga os Estados de São Paulo e Minas Gerais, com seis mortos. Logo após, ficou a BR-365, que liga os municípios mineiros de Montes Claros e Uberlândia, com cinco vítimas fatais.

Leia mais sobre: Dia do Trabalho

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG