Rodoanel deve reduzir 12% do congestionamento em SP

O Trecho Sul do Rodoanel Mário Covas, a ser concluído no dia 27, deve diminuir em até 12% os índices de congestionamento em São Paulo, segundo precisão da prefeitura e do governo estadual. A estimativa também leva em conta a ampliação da Marginal do Tietê.

Agência Estado |

De acordo com os dois órgãos, o Trecho Sul vai valer todo o investimento se retirar de 40 mil a 55 mil caminhões das principais vias da capital paulista, de um total de 210 mil que circulam todos os dias.

AE
NONONO

Tráfego de veículos pesados deve diminuir 37% na Bandeirantes

O projeto envolveu 17 anos de discussões, 1.020 dias de obra, 1.279 desapropriações, R$ 5 bilhões investidos e 147 mil metros cúbicos de pavimento de concreto colocados em 57 quilômetros, o equivalente a 600 edifícios de 20 andares.

O Trecho Sul vai interligar as Rodovias Anchieta, Imigrantes e Régis Bittencourt, cortando sete municípios. Pretende assim aliviar em 37% o tráfego de veículos pesados na Avenida dos Bandeirantes e em 43% na Marginal do Pinheiros.

"Quando se olha o mapa da Região Metropolitana de São Paulo, o que se vê é um grande nó na chegada das rodovias à capital. O Rodoanel é uma forma de desatá-lo, levando para fora da cidade um trânsito que não é dos moradores", afirmou o secretário de Estado dos Transportes, Mauro Arce.

Traduzindo as porcentagens para a realidade do paulistano, que gasta em média duas horas e 43 minutos para ir ao trabalho e voltar, segundo dados do Movimento Nossa São Paulo, isso pode significar valiosos minutos a menos no trânsito.

Para percorrer a Marginal do Pinheiros, o motorista vai levar de 45 a 70 minutos, e não mais 1 hora e 35 minutos, como atualmente no horário de pico. Em um mês, isso pode virar tempo livre para ver ao menos três jogos de futebol.

Para quem usar o Rodoanel, o benefício também será nítido. O trajeto entre a região do ABC e Osasco, por exemplo, vai durar 35 minutos, uma vez que não será preciso passar pela capital - atualmente, ele é feito em 1 hora e 20 minutos. Da Rodovia dos Imigrantes até a Régis Bittencourt, o tempo de viagem será de apenas 25 minutos, ante mais de uma hora e meia atual.

As estimativas mais otimistas do governo apontam que São Paulo vai ganhar R$ 179 milhões anuais em produtividade. "A obra está praticamente pronta", diz o prefeito Gilberto Kassab (DEM). "Será extraordinário para São Paulo, principalmente por reorganizar o trânsito."

Leia mais sobre Rodoanel

    Leia tudo sobre: rodoanel

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG