Rodízio passa a valer amanhã para caminhões em SP

O rodízio municipal de veículos em São Paulo passa a valer amanhã também para caminhões nas vias que delimitam o Centro Expandido da cidade. A medida vale para as marginais dos rios Pinheiros e Tietê, Avenida dos Bandeirantes e outros sete pontos da Capital.

Agência Estado |

A expectativa da Prefeitura é melhorar o trânsito paulistano, tirando 20% dos 126 mil caminhões que circulam diariamente nos horários de pico por essas regiões.

A restrição aos caminhões seguirá o mesmo horário (das 7 às 10 horas e das 17 às 20 horas) e critério do rodízio de carros (o final da placa). Caminhões com placas com final 1 e 2 ficam proibidos de rodar às segundas-feiras; 3 e 4, às terças; 5 e 6, às quartas; 7 e 8, às quintas e 9 e zero, às sextas. Quem descumprir o rodízio pagará multa de R$ 85,13.

A proibição vale nas seguintes vias: Marginal do Rio Tietê, entre a Avenida Salim Farah Maluf e Marginal do Rio Pinheiros; Marginal Pinheiros, da Marginal Tietê até a Avenida dos Bandeirantes; e Avenida Professor Luís Ignácio de Anhaia Melo, entre o Viaduto Grande São Paulo e a Avenida Salim Farah Maluf. Vigora ainda em toda a extensão da Bandeirantes, Avenida Afonso D'Escragnole Taunay, Complexo Viário Maria Maluf, Avenida Presidente Tancredo Neves, Rua das Juntas Provisórias, Viaduto Grande São Paulo e Salim Farah Maluf.

Estão liberados do rodízio caminhões do Corpo de Bombeiros, de coleta de lixo, guinchos, alimentos perecíveis, serviços públicos essenciais e Correios.

    Leia tudo sobre: rodízio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG