Roberto Carlos comemora meio século artístico com seu show no Maracanã

Rio de Janeiro, 12 jul (EFE).- O cantor Roberto Carlos comemorou na noite deste sábado seu meio século de vida artística no imponente Maracanã, que literalmente ficou tingido de azul, a cor preferida do Rei.

EFE |

Em sua primeira apresentação no templo do futebol, Roberto Carlos deleitou com seu clássico repertório os 70 mil espectadores que, desde dias atrás, tinham esgotado as entradas para o principal show da turnê comemorativa de seus 50 anos de carreira.

Em duas horas e meia de espetáculo, que terminou na madrugada deste domingo, Roberto Carlos cativou tanto as gerações que o lembram desde o início de sua carreira musical na Jovem Guarda, como aqueles que conhecem suas canções nas vozes de outros artistas contemporâneos.

Com seu tradicional e impecável traje branco, o artista chegou ao palco no calhambeque azul, o automóvel que inspirou um de seus maiores sucessos musicais.

E foi com sua canção de abertura, a balada "Eu te amo", que Roberto Carlos "ligou" seus fãs, muitos dos quais o esperavam desde as seis horas e no meio de um temporal que castigou a capital carioca, mas que não diminuiu o clima de festa e alegria da plateia.

Foram vários os momentos nos quais os fanáticos pelo cantor foram ao delírio, como na acostumada entrega de rosas ao público por parte do artista, quando assumiu o violão para interpretar seu sucesso "Detalhes" e no momento que cantar "Amigo" na hora em chamou seu inseparável Erasmo Carlos.

Ao lado do autor de vários de seus sucessos, Roberto Carlos chorou e lembrou passagens de sua vida junto a seu parceiro e amigo.

A outra artista convidada foi Wanderléa, que fez parte da Jovem Guarda e também participou há dois meses em São Paulo em outro dos shows da turnê.

No total, Roberto Carlos interpretou 25 canções em 17 entradas, que terminaram com "Jesus Cristo", em cujos intervalos o artista deu graças a Deus, a sua família e ao público por tê-lo "aguentado" durante 50 anos.

O Maracanã recebeu o cantor com um palco de 500 metros quadrados, sete telas gigantes, 800 luminárias azuis, 350 mil watts de som e um pessoal técnico e logístico de seis mil integrantes. EFE wgm/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG