Robert Zemeckis e Jim Carrey antecipam o Natal em Cannes

Cannes (França), 18 mai (EFE).- O diretor americano Robert Zemeckis trouxe o Natal para o Festival de Cannes com a exibição de A Christmas Carol, baseado no tradicional conto de Charles Dickens de mesmo nome e protagonizado por um versátil Jim Carrey.

EFE |

Os estúdios Disney usaram neve artificial para cobrir Cannes de branco e lançar sua aposta para o próximo Natal.

Esta versão cinematográfica de "A Christmas Carol" (cujo título pode ser traduzido como "Um Cântico de Natal) usa das mais novas tecnologias para misturar atores de verdade com animação digital e em 3D.

Zemeckis, que é também autor da adaptação, declarou à imprensa que "é hora de algo novo" em relação à história de Dickens, depois de "mais de 100 anos de cinema tradicional".

Segundo o diretor, sua versão do conto leva à telona "pela primeira vez" aspectos da obra que não poderiam ter sido filmados antes porque a tecnologia não estava à altura da imaginação do escritor inglês.

Já Jim Carrey diz que tem em "A Christmas Carol" uma "atuação completa" e explicou que seu trabalho neste filme foi bastante similar ao de um ator de teatro, já que a produção utilizou a chamada "captura de movimento", quando os atores ficam sozinhos e precisam imaginar o que está ao redor.

Carrey assume no filme não só o papel de Ebenezer Scrooge, mas também os dos Fantasmas do Natal passado, presente e futuro.

Também estão no elenco da produção os atores Colin Firth, que interpreta Fred, o sobrinho de Scrooge, e Gary Oldman, no personagem do leal empregado.

Segundo seus produtores, a nova versão para o cinema da história de Dickens - que deve estrear no Brasil em novembro - permite aos autores "apresentar um mundo que carece de restrições artísticas e que leva o espectador a um tempo e a um lugar que já não existem".

EFE jam/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG