Robert Downey Jr. diz que deixou as drogas após ultimato da esposa

BERLIM ¿ O ator americano Robert Downey Jr. afirma que deixou a dependência aos entorpecentes porque sua esposa lhe deu um ultimato, pedindo que escolhesse entre as drogas ou ela.

EFE |

Na edição alemã da revista "Penthouse", o protagonista de "Homem de Ferro" admite que o ultimato dado pela esposa, a produtora Susan Levin, foi um "choque saudável".

"Tive que fazer um esforço infernal para me livrar dessas coisas", explica o ator, que afirma que sua experiência anterior com outro tipo de dependências serviu para convencê-lo dos malefícios de consumir drogas.

Downey Jr. diz que é um "conto perigoso" a crença de que os entorpecentes contribuem para elevar a potência criativa, e lembra as pessoas "que ficaram no caminho".

O ator, de 43 anos, afirma também que, ao longo dos anos, aprendeu a lidar com a pressão da indústria do cinema.

    Leia tudo sobre: robert downey jr

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG