'Você matou uma pessoa', disse testemunha a Thor Batista

Estudante de medicina vinha logo atrás do carro conduzido pelo filho de Eike Batista

Felipe Martins, colaboração para o iG |

O chefe de investigação da 61ªDP(Xerém), Humberto Souza, afirmou que nessa terça-feira (20) um estudante de medicina depôs sobre o acidente que vitimou o ajudante de pedreiro Wanderson Santos, de 30 anos.

De acordo com Souza, o estudante afirmou que também trafegava no sentido Rio da rodovia Washington Luís (BR-040) no momento em que ocorreu o atropelamento de Santos, mas não viu o acidente, somente escutou o barulho provocado pela colisão.

Leia também : Thor acumulou 51 pontos na carteira nos últimos 18 meses, diz jornal

Instantes após o atropelamento, o estudante viu o carro de Thor Batista parado a cerca de cem metros do corpo de Santos. Em depoimento, ele afirmou ter dito a Batista, que estava do lado de fora do veículo: "Você matou uma pessoa". Ainda em estado de choque, Batista teria dito que a vítima teria atravessado a via.

A testemunha também disse que antes do acidente também chegou a ser ultrapassada pelo carro de Thor, mas não soube apontar a velocidade do veículo.

Na tarde desta quarta-fera (21), Thor Batista presta depoimento sobre o caso.

    Leia tudo sobre: THOR BATISTAACIDENTEDUQUE DE CAXIAS

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG