Vítima de falsa freira descobre que está milionária

Polícia Federal impede golpe de R$ 1,8 milhão contra religiosa de Campina Grande (PB)

Carmen Moreira, iG Rio de Janeiro |

Após quase sofrer um golpe na última quarta-feira (26), uma religiosa que vive em um convento em Campina Grande, na Paraíba, descobriu estar milionária através de um telefonema da Polícia Federal. De acordo com o delegado Marcos Aurélio Costa de Lima, a idosa de 85 anos ficou surpresa ao saber que é dona de mais de R$ 1,8 milhão em precatórios. “Ela foi muito cautelosa. Estava desconfiada se era mesmo da Polícia Federal”, contou.

Ainda segundo o delegado, ela ganhou o dinheiro depois de mover uma ação contra o Ministério do Planejamento para requerer pensão previdenciária. “Essa ação é de 1999, onze anos atrás. Como demorou muito pra sair, ela não fazia ideia de que tinha ganho”, explicou.

A notícia veio à tona após a Polícia Federal prender em flagrante a senhora L.A.M, de 77 anos, que vestida como uma freira tentava sacar o título de dívida pública na agência Miguel de Frias, em Niterói, da Caixa Econômica Federal.

Quando foi surpreendida pelos policiais, a falsa freira tentava se passar pela verdadeira titular do precatório. Além da falsária, foram presos também o homem I.C.O, de 44 anos, que estava ao seu lado na hora da tentativa de saque e J.L.M, de 50 anos, que seria o responsável pela obtenção dos documentos que permitiriam o saque, detido quando tentava fugir em um taxi. Uma quarta integrante da quadrilha, uma advogada conhecida apenas como Wilma que também estava na Caixa Econômica, conseguiu fugir e está sendo procurada pela Polícia Federal.

Marcos Aurélio quer saber agora como a quadrilha descobriu que a verdadeira titular do precatório é uma freira. “Apesar de a decisão do pagamento ter saído no Diário Oficial, eles não tinham como saber disso”.

A Polícia Federal divulgou apenas as iniciais dos integrantes da quadrilha e preferiu não divulgar o nome da vítima da ação.

    Leia tudo sobre: freirapolícia federalniteróigolpe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG