Adolescente que sofreu traumatismo craniano continua internada em estado grave

selo

Pedro Kirilos/ Agência O Globo
Carrinho se desprendeu no momento em que girava em torno do próprio eixo, informou a polícia
Recebeu alta na manhã desta sexta-feira (19) uma das vítimas do acidente no parque de diversões Glória Center, ocorrido no último domingo (14), que deixou dois mortos e outros oito feridos. Francine Januário Santana, de 20 anos, deixou o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, na zona sul do Rio de Janeiro.

Ela sofreu uma fratura na mandíbula e foi internada inicialmente no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, mas transferida, ainda no domingo, para o Miguel Couto. No início da semana, passou por cirurgia e vinha se recuperando bem.

Já Daiane Mesquita, de 17 anos, que sofreu traumatismo craniano, continua internada no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Miguel Couto. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o estado dela é muito grave e não há previsão de alta.

Os donos do parque foram indiciados por homicídio doloso , quando há intenção de matar. O engenheiro que assinou a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e, segundo a polícia, cobrou R$ 450 pelo laudo, foi indiciado por falsidade ideológica.

Na quinta-feira (18), a delegada Adriana Belém, da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), informou que também foram indiciados, pelo mesmo crime, três organizadores da festa, que pediram autorização dos bombeiros para uma festa agostina, mas não mencionaram a instalação de um parque de diversões no local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.