Vigilância Sanitária manda fechar setor cirúrgico do Hospital do Fundão

Segundo órgão, instalações oferecem risco sanitário

iG Rio de Janeiro |

Técnicos da Vigilância Sanitária da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro determinaram nesta quinta-feira (6) a suspensão das atividades do Centro Cirúrgico Geral do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), na Ilha do Fundão, na zona norte.

Segundo o órgão, foram feitas vistorias no Centro Cirúrgico e na Central de Material de Esterilização do hospital onde foi constatado que há risco sanitário.

De acordo com a Vigilância Sanitária, o Centro Cirúrgico só poderá voltar a funcionar depois que a estrutura ficar adequada. O retorno das atividades, no entanto, está condicionado à uma nova vistoria do órgão.

No início desta semana, Engenheiros do Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio de Janeiro (Crea-RJ) garantiram que as condições estruturais do hospital não oferecem risco de desabamento.

Na avaliação feita pelo Crea, a situação mais grave é no setor cirúrgico, onde houve um aumento na junta de dilatação, intervalo entre duas seções de uma construção, para permitir que cada uma delas se dilate e não "estoure".

A UFRJ ainda não se manifestou sobre o caso.

    Leia tudo sobre: hospital do fundãoUFRJ

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG