"Vi policiais à minha esquerda e bandidos à direita¿, diz turista

Depois de fotografar a ação dos policiais, hóspede do InterContinental conta que ficou no meio da confusão. Veja as fotos

Samia Mazzucco, iG Rio de Janeiro |

“Seu louco, sai daqui”, gritou um policial para o empresário inglês Paul Ayscough, que se deparou com um confronto entre dois policiais e dois homens armados quando tentava deixar o Hotel InterContinental, em São Conrado, na zona sul do Rio de Janeiro, na manhã deste sábado.

O hotel foi invadido por bandidos, que tentavam se esconder após um tiroteio com policiais. Ayscough mora em São Paulo, mas estava hospedado no hotel quando, às 8h da manhã, ouviu barulhos de tiro. “No começo, achou que eram fogos de artifício, mas fui para a sacada e vi a polícia entrando no hotel. Ouvi alguém gritando para ficarmos no quarto e comecei a bater fotos”, diz.

“Por volta das 9h30, vi que estava tudo mais calmo e tentei descer. Como os elevadores estavam desligados, desci pela escada. Ao chegar ao térreo, abri uma porta e vi, à minha esquerda, dois policiais, e à direita, dois caras altamente armados. Quando vi que a confusão ainda estava acontecendo, virei às costas e desci mais um andar e saí pelos fundos do hotel. Depois, ainda ouvi mais tiros”, diz.

Ayscough ficou do lado de fora do hotel, acompanhado de outros turistas, policiais e jornalistas. Por volta de 13h, os funcionários do hotel começaram a liberar a entrada dos hóspedes para seus quartos. Por volta de 15h, todos os hóspedes já estavam sido liberados para entrar e alguns já saíam para passear.

Colaborou Vicente Seda, do iG Rio de Janeiro

    Leia tudo sobre: hotel intercontinentalsao conradotiroteioturistas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG