Três suspeitos do sequestro a ônibus são acusados de roubo à residência

Eles foram reconhecidos por testemunhas como autores de assalto em Santa Teresa, em maio

iG Rio de Janeiro |

Flavia Salme / iG
Bandidos que sequestraram ônibus estão envolvidos com outros crimes, diz polícia
A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou nesta quarta-feira (10) que três dos suspeitos de terem participado do sequestro de um ônibus na avenida Presidente Vargas, no centro da capital, na noite de ontem (9) foram reconhecidos por testemunhas como autores de um assalto à uma residência no bairro de Santa Teresa, na região central da cidade. O crime ocorreu em 25 de maio.

Segundo a corporação, foram reconhecidos na delegacia de Santa Teresa (7ª DP), Renato da Costa Júnior, Bruno Silva Lima e Clerivan da Silva Mesquita. Destes três, Clerivan ainda continua foragido. A polícia vai pedir à Justiça a prisão dos três por este crime.

Além de Renato e Bruno, está preso também Jean Júnior da Costa Oliveira, que é sobrinho do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar.

O sequestro do ônibus deixou cinco pessoas feridas. Uma das vítimas, Lisa Mônica Pereira, de 46 anos, foi atingida por um tiro no peito que perfurou o pulmão. Seu estado é grave.

Perícia feita no ônibus indicou que o coletivo foi atingido por 14 disparos, todos feitos de fora para dentro.

    Leia tudo sobre: sequestroônibusRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG