Bebê que estava no veículo não sofreu nenhuma lesão

A passagem de nível onde aconteceu o acidente tem sinalização visual e luminosa, informou a Supervia
Agência Estado
A passagem de nível onde aconteceu o acidente tem sinalização visual e luminosa, informou a Supervia
Uma pessoa ficou levemente ferida em um acidente envolvendo um trem e um carro na manhã desta quinta-feira (5) na altura do bairro de Costa Barros, na zona norte do Rio de Janeiro. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a composição da concessionária Supervia bateu no veículo em uma passagem de nível da linha férrea

Trem colidiu com carro em uma passagem de nível da linha férrea na altura de Costa Barros
Agência O Globo
Trem colidiu com carro em uma passagem de nível da linha férrea na altura de Costa Barros
O acidente aconteceu por volta das 7h15, no ramal Belford Roxo. O trem seguia da Baixada Fluminense para a Central do Brasil. Bombeiros do quartel de Guadalupe foram ao local e resgataram as duas pessoas que estavam a bordo veículo: a motorista e sua filha, de 1 ano.

As duas foram encaminhadas para o Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo, na zona oeste da capital fluminense, mas a criança não sofreu nenhuma lesão. A motorista, Solange Dias Ferreira, de 38 anos, teve apenas um ferimento no pé.

Em nota, a Supervia informou que a passagem de nível onde aconteceu o acidente é oficial e possui sinalização visual e luminosa conforme as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

De acordo com a concessionária, os passageiros que estavam no trem desembarcaram na linha férrea e caminharam até a estação de Costa Barros, onde prosseguiram viagem em outras composições. A circulação no ramal Belford Roxo não precisou ser interrompida.

A CET-Rio informou que o cruzamento da Estrada do Camboatá com a Estrada de Botafogo - a passagem de nível - está interditado. O desvio está sendo feito pela Avenida José Arantes de Melo, Estrada João Paulo, Avenida Brasil, sentido zona oeste, Rua Marcos de Macedo até chegar novamente à Estrada do Camboatá.

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.