Traficantes em fuga invadem colégio estadual no Rio

Criminosos entraram na instituição de ensino quando fugiam da Polícia Militar

iG Rio de Janeiro |

Pablo Jacob / Agência O Globo
PMs deixam colégio com suspeito que foi preso dentro da instituição de ensino
Traficantes em fuga invadiram na manhã desta sexta-feira (4) o Colégio Estadual Professor Daltro Santos, na comunidade Vila Aliança, em Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro. De acordo com a Secretaria de Estado de Educação, ninguém ficou ferido durante a ocorrência.

Soldados do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e do 14º BPM (Bangu) cercaram a escola e prenderam um suspeito que se passava por funcionário da instituição de ensino. Ele estava com um fuzil. Os demais criminosos conseguiram deixar o local. Não houve danos ao patrimônio do colégio ou furto de equipamentos. Por conta da invasão, as aulas foram temporariamente suspensas.

Os traficantes fugiam de uma operação que a Polícia Militar realiza desde o final da madrugada desta sexta-feira na Favela da Coreia, situada em uma região próxima ao colégio. Até o momento, um suspeito morreu durante a incursão e outros dois foram presos. Munições, drogas, um fuzil e um radiotransmissor também foram apreendidos na ação.

As operações da PM têm sido frequentes nas favelas Vila Aliança, em Bangu, e Coreia e Rebu, em Senador Camará, todas na zona oeste. As incursões têm como objetivo desarticular o tráfico de drogas nessas comunidades e acabar com a disputa entre criminosos pelo controle da Vila Kennedy . A polícia também tenta localizar o traficante Márcio José Sabino Pereira, conhecido como Matemático.

O filho do criminoso, de 17 anos, foi preso no último dia 31 de outubro praticando assaltos no bairro de Padre Miguel, na zona oeste do Rio. Segundo a PM, o menor simulava estar armado para amedrontar as vítimas.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG