Traficante do Alemão é preso na casa de mãe de PM

O PM investigado trabalhava como motorista do quartel general da polícia militar

Anderson Dezan, iG Rio de Janeiro |

Policiais civis da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) apresentaram nesta terça-feira (7) o traficante Edson Ventapane da Silva, conhecido como Mãozinha. O criminoso, que integrava a quadrilha que controlava o Complexo do Alemão, foi preso no final da tarde de ontem (6) na casa de uma suposta tia, mãe de um policial militar, no bairro de Cavalcanti, zona norte do Rio.

De acordo com a PM, o soldado trabalha como motorista no Quartel-General da corporação. Ele estava de folga nesta terça-feira e se apresentou para prestar esclarecimentos à Corregedoria da PM. O policial, que não teve a identidade revelada, disse que não reside na casa de sua mãe e, sim, em um endereço próprio com esposa e filhos.

Na casa onde Mãozinha foi preso havia um casaco da PM do soldado investigado. O agente e sua mãe poderão responder pelo crime de favorecimento pessoal. Contra o traficante havia um mandado de prisão por latrocínio (roubo seguido de morte). Ele será encaminhado à carceragem da Polinter.

Mãozinha é irmão de Emerson Ventapane da Silva, conhecido como Mão, preso na última semana por policiais civis da 21ª DP (Bonsucesso). Segundo a polícia, a dupla integrava uma das mais violentas quadrilhas especializadas em roubo de veículos e de cargas.

    Leia tudo sobre: polícia militarsoldadotraficante

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG