Teresópolis desapropria fazenda para construir 500 casas

Área de 190 hectares deve começar a ser utilizada para a construção das casas populares em 30 dias

iG Rio de Janeiro |

A prefeitura de Teresópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, desapropriou uma fazenda no município para a construção de 500 casas populares, a fim de atender parte dos desabrigados da cidade castigada pelas chuvas. Segundo nota divulgada do órgão, o decreto de desapropriação da fazenda de 190 hectares, localizada no bairro Ermitage, foi assinado na segunda-feira.

Com o custo de R$ 24 milhões, as casas começarão a ser construídas em 30 dias e devem ficar prontas até o final deste ano. O prefeito de Teresópolis, Jorge Mario Sedlacek, usou o estado de calamidade pública do município como argumento para a desapropriação.

Cerca de 3 mil pessoas ficaram desabrigadas e, outras 2 mil, desalojadas em Teresópolis por causa das fortes chuvas que caíram na região serrana fluminense na semana passada.

Construir em área de risco

Embora tenham medo, alguns moradores da região serrana, sem ter para onde ir e precisando do auxílio de abrigos da Prefeitura, já cogitam reeguer as casas que perderam no próprio local . O porteiro Giovane de Souza, 33 anos, e sua mulher, a vendedora Vera de Fátima Machado da Silva, tiveram parte da casa destruída pela avalanche que atingiu o bairro do Féo, em Teresópolis. Segundo Giovane, duas paredes da parte de baixo da casa ruíram com o impacto da lama. "Vou dar um tempo e ver o que acontece. Querer, eu não quero (ficar), mas não sei se tem saída", afirma Vera. "Se a Prefeitura demorar muito, o negócio é a gente ir lá e tentar de novo."

*Com informações das agências Brasil e BBC Brasil

    Leia tudo sobre: teresópoliscasasfazendadesapropriação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG