Temporão garante apoio federal para atender vítimas no Rio

Ministro da Saúde determina suspensão de cirurgias eletivas diante de possível aumento da demanda nas emergências

Agência Brasil |

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, confirmou hoje (26) que está mobilizando a rede federal para apoiar o governo do estado do Rio de Janeiro em função do combate aos atos de violência promovidos por traficantes de drogas desde o último fim de semana.

“Nossa função agora é apoiar a Secretaria de Saúde do Rio no que for necessário. Estamos na expectativa de que isso termine, que seja apenas um momento conjuntural de um processo importante para o Rio, que é a consolidação dessa política inovadora de instalação das UPPs [unidades de Polícia Pacificadora]”, disse ele, ao participar, no Rio de Janeiro, do lançamento da publicação Câncer no Brasil – Dados dos Registros de Câncer de Base Populacional, no Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Temporão confirmou que, diante do possível aumento da demanda nas emergências das unidades de saúde do Rio, determinou a suspensão de algumas cirurgias eletivas (sem caráter emergencial) realizadas nos hospitais de Bonsucesso, Andaraí, Cardoso Fontes, Ipanema, Lagoa e dos Servidores do Estado, além da disponibilização de leitos para atender vítimas dos ataques criminosos e confrontos com a polícia na cidade. Ele informou, ainda, que as ações de apoio incluem a manutenção dos estoques dos bancos de sangue nas unidades federais para atender às possíveis demandas.

    Leia tudo sobre: ataques riosaúde

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG