Temporal no Rio não causou mortes ou feridos, diz Defesa Civil

Órgão de socorro da capital recebeu 48 chamados, a maioria por deslizamentos. Houve 200 pontos de alagamento e aeroportos fecharam

iG Rio de Janeiro |

Agência O Globo
Carros passam pelo Aterro do Flamengo, alagado e sem luz
As Defesas Civis do Estado do Rio e da capital não registraram nenhum caso de morte ou ferido grave em decorrência das fortes chuvas que afetaram o Rio na noite deste domingo (5).

O temporal causou alagamentos em mais de 200 pontos do Rio de Janeiro e da Região Metropolitana e provocou o fechamento dos aeroportos Internacional do Galeão e Santos Dumont à noite. A Defesa Civil Municipal decretou estado de alerta.

O trânsito foi interrompido em muitos pontos importantes de fluxo da capital, como o Aterro do Flamengo, Caju, próximo à Rodoviária Novo Rio; na Praça da Bandeira, acesso ao estádio do Maracanã; na Estação Leopoldina e na Ilha do Governador.

A Defesa Civil Municipal recebeu 48 chamados entre as 20h de domingo e as 8h desta segunda-feira (6), a maioria por ocorrências de deslizamentos. Os bairros da cidade mais afetados foram Ilha do Governador, Penha e Botafogo. Na Baixada Fluminense, São João de Meriti e Duque de Caxias foram os municípios com maior impacto das chuvas. 

Ao menos sete bairros em diferentes zonas da capital ficaram sem energia, que foi restabelecida em sua maior parte às 4h. Houve pane em sinais de trânsito, e assaltos a motoristas parados por causa das águas foram registrados na Avenida Brasil (via que conecta a zona oeste ao Centro), na altura de Irajá.

Na manhã desta segunda-feira, ainda havia pontos de alagamento na área central da cidade, como no Catumbi, perto do Túnel Santa Bárbara (que liga o centro a Laranjeiras, na zona sul) e na área da Lapa.
A sinalização de dois ramais de trens da Baixada Fluminense também teve problemas e, no início da manhã, a circulação das composições ficou com atrasos de até 20 minutos.

    Leia tudo sobre: mortosferidoschuvasRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG