Suspeito na morte de garoto se apresenta à polícia

Garoto teria sido chicoteado e espancado após brincar com um cavalo em um dos acessos no Morro do Urubu, na zona norte do Rio

AE |

A Divisão de Homicídios (DH) do Rio de Janeiro anunciou na manhã desta terça-feira que um dos suspeitos de envolvimento na morte do estudante Emerson Ferreira Porto se apresentou à polícia acompanhado por advogados. Ronaldo Prudêncio de Jesus estava prestando depoimento por volta do meio-dia e teria confessado o crime. Outro envolvido, Paulo Henrique Ferreira, de 22 anos, permanece foragido.

Ferreira foi identificado no sábado pela testemunha X., de 10 anos, como um dos homens que o chicoteou e espancou Emerson na manhã de sexta-feira depois que os dois brincaram com um cavalo, em um dos acessos no Morro do Urubu (zona norte). No entanto, mesmo após a identificação, ele foi liberado por policiais da 25ª Delegacia de Polícia do Engenho Novo.

X. foi liberado pelos criminosos, mas o corpo de Emerson foi encontrado nesta segunda-feira por familiares em Tomás Coelho, também na zona norte do Rio. A polícia ainda investiga se o crime teve alguma ligação com o fato de Emerson morar na Favela do Jacarezinho - e o Morro do Urubu ser dominado por uma facção criminosa rival.

    Leia tudo sobre: Rio de Janeirogaroto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG