Suspeita de raptar criança em hospital se entrega no Rio

Ela se apresentou com o bebê em uma delegacia do interior do Estado

iG Rio de Janeiro |

Marcelo Piu/Agência O Globo
Imagens flagraram a movimentação da suspeita entrando e saindo do hospital
A mulher que sequestrou uma menina de apenas um dia de vida do Hospital São José dos Lírios, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, se apresentou na tarde deste sábado (23), na delegacia da cidade de Cordeiro (154ªDP), no interior fluminense. Ela entregou a criança para a polícia.

O pai do bebê vai até o local buscar a filha, que foi raptada na noite da última sexta-feira quando estava nos braços da mãe no hospital. A menina se chama Ayana Milla e passa bem.

Enquanto os pais não chegam ao local, a criança está sendo atendida por representantes do Conselho Tutelar.

Na ocasião do sequestro, a suspeita se apresentou como uma pediatra e disse que levaria a menina para fazer exames. Depois disso, sumiu com o bebê.

A suspeita foi identificada como Tanit Cardoso Peixoto, de 27 anos. Aos policiais, ela alegou que teve um surto e acabou roubando a criança alegando uma suposta dificuldade que estaria encontrando para adotar uma.

Tanit, de acordo com relatos de policiais, enfrentaria problemas na Justiça por causa da guarda de um filho. Ela chegou à delegacia na companhia de um advogado, que a orientou a se entregar.

Imagens flagraram suspeita

Imagens do circuito interno de TV do hospital flagraram a suspeita, que usava jaleco branco, entrando e saindo do elevador com duas bolsas.

Segundo funcionários do hospital, a sequestradora se apresentou na recepção com uma carteira falsa de médica e com um estetoscópio. Disse que visitaria um paciente no terceiro andar e teve a sua entrada permitida

De acordo com a polícia, antes de raptar a menina, a suspeita tentou sequestrar crianças em dois outros hospitais da cidade mas não conseguiu.

O pai de Ayana disse que, horas antes da sequestradora se entregar, recebeu um telefonema em que uma pessoa disse ter visto uma mulher tirando uma criança de dentro de uma bolsa e comprando roupas em uma loja, em Itaboraí, cidade vizinha de São Gonçalo.

    Leia tudo sobre: sequestrobebêhospitalRio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG