Suspeita de assassinar filho de 2 anos é detida

Ela deverá prestar depoimento ainda hoje para policiais que investigam o caso

iG Rio de Janeiro |

Luana Dias Golvinho, 26, apontada por policiais da Divisão de Homicídios do Rio como suspeita de assassinar o flho de 2 anos , na última terça-feira (17), foi detida há pouco por policiais militares do batalhão de Queimados, em Itaguaí, baixada fluminense.

Ela estava acompanhada do pai da criança, Claudinor Ferreira Santos, 30, que é foragido da Justiça por furto. Os policiais afirmaram que abordaram os dois após perceberem que eles estavam nervosos. O casal tentava embarcar em um ônibus na rodoviária de Itaguaí.

Luiz Fernando Ferreira Golvinho, de 2 anos, filho do casal, foi encontrado morto dentro de casa, no bairro do Rocha, zona norte do Rio. Ao lado dele estava somente o irmão, de 3 anos.

A princípio a polícia acreditava que o menino havia morrido por hemorragia, pois apresentava cortes no pulso. No entanto, a perícia inicial acredita que a morte possa ter ocorrido por sufocamento e que as marcas tenham sido feitas por algum animal.

Vizinhos da família conseguiram nesta sexta-feira (20) uma autorização judicial para enterrar o corpo da criança.

A polícia aguarda o laudo final do IML com a causa da morte para pedir, se for comprovado homicídio ou maus-tratos, um mandado de prisão para Luana. No entanto ela deverá ser interrogada ainda hoje por policiais que investigam o caso.

    Leia tudo sobre: maus-tratoscriança

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG