“Superlotação pode contribuir, mas não derruba bonde”, diz Crea

Engenheiro do órgão aponta indícios de desgaste de peças no veículo que descarrilou e matou cinco pessoas. Peritos estão no local

Anderson Ramos, especial para iG Rio de Janeiro |

Anderson Ramos
Peritos da Polícia Civil analisam o bonde acidentado
O engenheiro do Crea Luiz Antônio Cosenza analisou na manhã deste domingo o local do acidente com o bonde, em Santa Teresa, e disse que a superlotação do veículo, sozinha, não seria capaz de derrubá-lo.

Cinco pessoas morreram e 57 ficaram feridas após o bonde 10 descarrilar, tombar e colidir contra um poste na Rua Joaquim Murtinho, em Santa Teresa, na tarde deste sábado.

“A superlotação pode contribuir, mas não é suficiente para derrubar um bonde”, disse Cosenza, que fez uma análise independente.

A capacidade máxima dos bondes é de 32 pessoas sentadas, mais 12 em pé, além dos estribos laterais. O número total de mortos e feridos soma 62, 18 a mais que a lotação recomendada.

Neste sábado, o secretário de Defesa Civil, coronel bombeiro Sérgio Soares, admitiu que houve superlotação, e o secretário de Transportes do Estado, Júlio Lopes, disse que a superlotação é um " fenômeno cultural de Santa Teresa"

De acordo com ele, o Crea vai convidar engenheiros da empresa que administra os bondes em Santa Teresa para explicar como é feita a manutenção dos veículos sobre trilhos. “Os bondes têm 50 anos de uso e é preciso saber como é feita a manutenção”, afirmou o engenheiro.

Arte iG
Bondinho que se acidentou Santa Teresa estava superlotado, de acordo com as primeiras conclusões das investigações

De acordo com Cosenza, há “indícios” de considerável desgaste das peças.

Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), da Polícia Civil do Rio, estão no local desde o início da manhã para analisar as causas do acidente.

Eles fazem fotos e vistoriam a parte estrutural do bondinho para tentar identificar falhas que possam ter levado ao descarrilamento e à queda do veículo. O laudo deve sair em 30 dias. Nenhum perito falou com a imprensa.

    Leia tudo sobre: bondeSanta TeresaacidenteCreasuperlotação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG