Sobreviventes do Bateau Mouche receberão indenização de R$220 mil

Navio naufragou na noite do reveillon de 1988 causando a morte de 55 pessoas

iG Rio de Janeiro |

A 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça (TJ) do Rio de Janeiro decidiu aumentar para R$220 mil a indenização, por danos morais, a duas sobreviventes do naufrágio do navio Bateau Mouche IV. A embarcação afundou na noite do reveillon de 1988, na saída da Baía de Guanabara, e causou a morte de 55 pessoas. Segundo o TJ, na 1ª Instância os sócios da empresa Bateau Mouche Rio Turismo haviam sido condenados a pagar R$50 mil para Elane Maciel Machado e Heloisa Helena Vieira Maciel. Os desembargadores decidiram o novo valor por unanimidade.

O relator do processo, desembargador Fernando Foch, afirmou que o antigo valor é de pequena proporção se for levado em consideração a gravidade do dano. “O valor arbitrado é por demais exíguo diante das circunstâncias pessoais das vítimas e dos autores, bem assim da intensidade e da gravidade do dano. Por certo é incapaz de proporcionar qualquer sentimento de reparação, senão de frustração, decepção, amargura e descrença na Justiça”.

    Leia tudo sobre: Bateau Mouchenaufrágioindenização

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG