Sobrevivente do massacre em Realengo deixa CTI

Um adolescente que foi baleado no massacre na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, está em observação na enfermaria

iG São Paulo |

Mais um sobrevivente do massacre na Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, no Rio de Janeiro, deixou nesta quarta-feira (27) o Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes. Seu quadro é estável e ele encontra-se em observação na enfermaria.

Outra vítima permanece no CTI pediátrico em observação rigorosa, com quadro regular, que inspira cuidados, segundo boletim divulgado hoje pela Secretaria de Estado de Saúde.

A tragédia na escola ocorreu no último dia 7 e deixou 12 crianças mortas. O autor do massacre, Wellington Menezes de Oliveira, se matou com um tiro na cabeça após ser baleado por um polícial militar. O corpo dele foi enterrado na última sexta-feira (22) em uma cova simples no cemitério do Caju, zona portuária do Rio e nenhum parente acompanhou.

Com AE

    Leia tudo sobre: RealengosobreviventemassacreRio de JaneiroCTI

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG