Sobrevivente de massacre que estava em estado grave já respira sem aparelhos

Adolescente de 13 anos tem quadro estável. Outros quatro ainda estão internados

iG Rio de Janeiro |

Jadson Marques/Agência O Globo
Missa de sétimo dia em homenagem às vítimas do massacre em escola de Realengo
A Secretaria de Estado de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro informou na noite desta quarta-feira (13) que o único sobrevivente do massacre na Escola Municipal Tasso da Silveira que estava em estado grave já respira sem aparelhos e tem quadro de saúde estável. O ataque, ocorrido na última quinta-feira (7), deixou 12 adolescentes mortos.

O estudante, de 13 anos, está internado no CTI pediátrico do Hospital de Saracuruna, na Baixada Fluminense. No mesmo setor da unidade, está internada uma garota da mesma idade e que também sobreviveu a tragédia. Seu quadro é estável.

No Hospital Alberto Torres, em São Gonçalo, na região metropolitana, permanece internado um estudante de 14 anos. Ele passa bem.

No Hospital Albert Schweitzer, em Realengo, na zona oeste, um aluno de 14 anos está em estado regular. Na mesma unidade, um outro estudante, de 12 anos, vem apresentando melhoras e já deixou o CTI.

    Leia tudo sobre: massacrerealengoestado de saúdeestudantes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG