Sobe 28% total de mortes em rodovias no Rio

Estradas tiveram 161 acidentes, com 67 pessoas feridas e nove mortos no Rio de Janeiro

AE |

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou um aumento de 28% no número de mortes nas estradas do Rio de Janeiro durante a Operação Corpus Christi 2010. De acordo com a polícia, nos cinco dias de operação, foram registrados 161 acidentes, com 67 pessoas feridas e nove mortos. No mesmo período do ano passado, ocorreram 180 acidentes, com 75 feridos e sete mortos, o que significa uma redução de 11% nos acidentes, 11% menos feridos e alta de 28% no índice de mortes.

A maior parte dos acidentes foi registrada no trecho norte da BR-101. Somente entre Itaboraí e Campos foram registrados 32 acidentes, com 26 feridos e seis mortes. A polícia rodoviária acredita que a ansiedade dos motoristas, que encontraram rodovias liberadas a maior parte do tempo, associada às pistas escorregadias devido às chuvas, tenha contribuído para o maior número de acidentes violentos.

A imprudência continua sendo um fator determinante para os acidentes nas rodovias. Durante a operação, foram fiscalizados cerca de sete mil veículos, com mais de quatro mil infrações de trânsito. Mesmo com tempo chuvoso na maior parte do feriado, os agentes flagraram cerca de 2.500 motoristas trafegando com velocidade acima do permitido, o que representa mais de 50% do total de infrações.

Lei Seca

Com a proximidade do 2º aniversário da Lei Seca, a PRF tem realizado campanhas de conscientização, mas há resistência dos motoristas em aderir às orientações. Foram realizados três mil testes com os etilômetros. No total, 11 motoristas foram flagrados dirigindo alcoolizados, e cinco acabaram presos por apresentar concentração superior a 0,29 mg/l. O índice ficou um pouco acima do registrado na operação em 2009, quando dez motoristas foram reprovados nos testes e três acabaram detidos.

    Leia tudo sobre: estradasferiado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG