Transporte será administrado pela empresa Carris, responsável pelos bondes de Lisboa

Os tradicionais bondes de Santa Teresa, bairro do centro da capital fluminense, podem ficar parecidos com os de Lisboa, em Portugal. O governador Sérgio Cabral , em viagem àquele país, anunciou uma parceria técnica com a empresa Carris, que administra os bondes da capital portuguesa, e prometeu entregar o sistema recuperado até 2013.

Leia também: Bonde de Santa Teresa possuía 23 falhas, aponta laudo da perícia

Shana Reis
Bonde da empresa Carris. Companhia portuguesa vai administrar os bondes de Santa Teresa
O acordo foi firmado com o presidente da empresa portuguesa, José Manuel Silva Rodrigues, depois de três meses do acidente com um do bondes do bairro carioca, que deixou seis mortos e dezenas de feridos. A parceria faz parte de um investimento previsto de R$ 40 milhões no novo sistema.

"Passaremos 2012 inteiro nessa tarefa de renovação de trilhos, equipamentos e de compra de novos bondes. Temos separados, para começar, R$ 40 milhões", afirmou o governador durante a assinatura do acordo, segundo nota divulgada pela assessoria de imprensa.

A Carris, que já administrou os bondes cariocas na década de 1940, aceitou a parceria depois de analisar o sistema do Rio - suspenso desde o acidente. Para coletar informações, especialistas em rede aérea, veículos e trilhos estiveram na capital fluminense há duas semanas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.