Secretaria usa fumacê no combate à dengue no Rio de Janeiro

O fumacê será utilizado mesmo sem o registro de epidemia

AE |

selo

A Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil do Rio de Janeiro passa a usar a partir de hoje equipamentos de UBV (ultra baixo volume), conhecidos popularmente como fumacê, no auxílio às ações preventivas de combate à dengue. Será usado fumacê em carros e equipamentos portáteis, que são levados a locais de difícil acesso, como becos e comunidades

A ação contemplará, inicialmente, 47 bairros que fazem parte dos locais com mais risco de ter casos de dengue, de acordo com levantamento elaborado em parceria como Ministério da Saúde. O trabalho ocorrerá nas comunidades Araticum, Pinheiros, Canal do Anil e Nova Esperança (Gardênia Azul). Nesta primeira semana, o equipamento será usado em comunidades da região do Anil, em Jacarepaguá.

Nos 13 mutirões realizados neste ano, os agentes visitaram mais de 120 mil imóveis e recolheram 142 toneladas de lixo e material que servia como local de proliferação do mosquito. Foram eliminados nestes mutirões 28 mil possíveis criadouros do Aedes aegypti.

    Leia tudo sobre: dengueRio de Janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG