Secretaria de segurança vai investigar contratação de falso militar

Sindicância interna será instaurada nesta segunda-feira

iG Rio de Janeiro |

O secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, determinou que nesta segunda-feira se abra uma sindicância interna para apurar as circunstâncias da contratação de Carlos da Cruz Sampaio Júnior.

Sampaio foi preso na última quinta-feira por falsidade ideológica e porte ilegal de arma, ao trabalhar na secretaria se passando por um oficial do Exército.

A sindicância vai analisar os dois períodos em que ele trabalhou na secretaria: de 2003 a 2006 e de julho a outubro deste ano, quando foi contratado para a função administrativa na subsecretaria de Planejamento e Integração Operacional.

Beltrame também vai solicitar ao Comando Geral da Polícia Militar que instaure procedimento semelhante com o objetivo de esclarecer o envolvimento do falso militar com a corporação, inclusive as denúncias de que ele participou em treinamentos de policiais.

    Leia tudo sobre: falso militarexércitobeltrame

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG