Secretaria de Segurança do Rio destrói mais de mil máquinas caça-níqueis

Pasta pensa em providenciar novos locais para armazenar equipamentos

Agência Brasil |

A Secretaria de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro destruiu nesta quinta-feira (21) 1.146 máquinas caça-níqueis apreendidas em operações policiais. Segundo o secretário José Mariano Beltrame, como os depósitos da polícia estão cheios de máquinas aguardando liberação da Justiça para destruição, a pasta já pensa em providenciar novos locais de armazenagem.

“Vou ter que providenciar novos galpões, pois não podemos parar. Já temos quase 10 mil máquinas apreendidas, fizemos uma resolução com o Tribunal de Justiça e com o Ministério Público para agilizar a destruição das máquinas, mas esse processo ainda é lento”, explicou o secretário.

Bletrame reconheceu que acabar com os caça-níqueis no Rio de Janeiro é difícil, pois é uma prática comum na cidade há muitos anos. Os componentes eletrônicos das máquinas, quando em perfeito estado, são aproveitados pela perícia técnica da polícia para montar computadores destinados a comunidades carentes, onde as unidades de Polícia Pacificadora (UPP) já estão instaladas.

Agência O Globo
Máquinas caça-níqueis são destruídas pela secretaria estadual de Segurança

    Leia tudo sobre: caça-níqueis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG