Sargento morre após ser atingido por tiros dentro de batalhão

Os disparos foram feitos por outro policial durante uma briga

iG Rio de Janeiro |

Um policial militar, identificado como sargento Isaías, morreu após ser atingido por dois tiros de pistola no peito, enquanto trabalhava na tesouraria do 4°BPM (São Cristóvão), na zona norte no Rio. O crime ocorreu no início da tarde desta quarta-feira (21).

Segundo a assessoria da corporação, os tiros teriam sido disparados por outro policial, identificado como sargento Araújo, durante uma briga que não teve o motivo divulgado. Em seguida, Araújo tentou fugir do quartel roubando um carro. No entanto, foi detido nas proximidades do batalhão, na avenida Presidente Vargas, na altura da Central do Brasil, no centro da cidade.

O sargento que fora baleado chegou a ser socorrido no Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), mas morreu durante uma cirurgia. O policial detido está internado no mesmo hospital. De acordo com os médicos ele teve um surto psicótico. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e, paralelamente, um inquérito será aberto pela Polícia Militar.

    Leia tudo sobre: policial militarsão cristóvão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG