Santos Dumont libera pousos com auxílio de instrumentos

Segundo Infraero, Galeão opera normalmente. Por causa da neblina, voos chegaram a ser desviados para Belo Horizonte e Campinas

iG São Paulo |

O Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio de Janeiro, suspendeu às 6h as operações de pouso, devido a forte neblina. Segundo informações do aeroporto, até as 7h30, cinco voos tiveram que ser desviados para o Aeroporto Internacional Tom Jobim, que fica na Ilha do Governador. Após a permissão para pousos, liberados às 9h16, o Santos Dumont foi novamente fechado, às 9h28, permitindo apenas decolagens com auxílio de instrumentos, ainda por causa da neblina, de acordo com a Empresa de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). O Santos Dumont foi novamente aberto para pousos às 10h49.

Agência O Globo
Neblina no Rio na manhã desta sexta-feira atrapalhou o funcionamento dos aeroportos
Já o Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), o maior do Rio de Janeiro, também teve suas operações de pousos bloqueadas devido a forte neblina. As operações foram comprometidas desde 6h50. A partir das 8h, as operações foram reestabelecidas com a ajuda de instrumentos.  A Infraero informou que o Galeão já opera normalmente para pousos e decolagens.

Segundo a Infraero, três voos foram desviados - um para o aeroporto Tancredo Neves, em Minas Gerais, e dois para o aeroporto de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo. Ainda de acordo com a empresa, do total de 44 voos domésticos no Galeão até as 10h, cinco atrasaram e seis foram cancelados. Entre os voos internacionais, três atrasos e três cancelamentos. No Santos Dumont, dos 51 voos previstos até 10h, sete atrasaram e 13 foram cancelados.

*com Agência Brasil

    Leia tudo sobre: rioaerportossantos dumontgaleao

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG