"Saímos todos correndo. Fiquei com muito medo", diz aluno

Aluno relata momento em que atirador entrou em escola no Rio e fez várias vítimas

Priscila Bessa, iG Rio de Janeiro |

A primeira reação dos alunos da 7a série da Escola Municipal Tasso da Silveira , no Rio, foi correr para salvar a própria vida, ignorando os apelos de professores para que todos ficassem em seus lugares, segundo relatos de alunos ao iG .

"Quando começaram os tiros a professora mandou todo mundo ficar na sala mas ninguém obedeceu. Saímos todos correndo. Fiquei com muito medo". O relato é de Fabio Douglas Braga, 13 anos, aluno da 7a série da Escola Municipal Tasso da Silveira.

Braga estava um andar acima do local da tragédia mas conhecia pelo menos três vítimas, Tamira, Jéssica e Larissa. Na saída, o garoto ainda viu o corpo do atirador Wellington Menezes de Oliveira no chão.

Segundo Tania, mãe de R., também com 13 anos e aluno da 7a série, a primeira reação do estudante foi se esconder. "Ao ouvir os tiros ele correu para salvar a vida dele. Agora está em estado de choque. Precisei dar um calmante natural", disse ela.

Ao contrário de Braga, R. estava no andar onde aconteceu o massacre. Segundo a mãe, ele viu os corpos de vários colegas mortos e está abalado, não quer voltar para a escola onde estuda há sete anos.

"É muita tristeza. Poderia ter sido o meu filho. Deus o protegeu", disse Tania.


    Leia tudo sobre: Tiroteio no RioEscolacrianças

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG