RJ: Polícia apreende drogas e celulares que seriam entregues a presidiários

Quatro pessoas foram presas, entre elas, dois inspetores penitenciários

iG Rio de Janeiro |

Jadson Marques / Futura Press
Policiais apreenderam drogas, telefones celulares e chips telefônicos que seriam entregues a presidiários
Quatro pessoas foram presas na madrugada desta quarta-feira (7) com drogas, telefones celulares e chips telefônicos na comunidade da Vila Kennedy, zona oeste do Rio de Janeiro. De acordo com a polícia, o material apreendido seria entregue a detentos que cumprem pena no Complexo Penitenciário de Gericinó , em Bangu, também na zona oeste.

Leia também:

Inspetor penitenciário conta como é a rotina de trabalho em Bangu 3

‘Vivemos como prisioneiros’, diz mulher que mora dentro de complexo prisional

Entre os quatro presos estavam dois inspetores penitenciários. Os suspeitos foram detidos após uma operação feita pela Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário (SISPEN) com apoio da 21ª Promotoria de Investigação Penal (21ª PIP) e da Coordenação de Gericinó. Os órgãos iniciaram em outubro uma investigação que apurava o envolvimento de inspetores penitenciários com o tráfico de drogas.

Foram apreendidos 75 kg de maconha, 20 kg de cocaína, 382 chips telefônicos, celulares, videogames, aparelhos de DVD e uma balança de precisão. Os presos vão responder pelos crimes de tráfico de drogas e associação ao tráfico. O caso foi registrado na 33ª DP (Realengo).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG