RJ: PM prende dupla suspeita de vender receitas médicas públicas

Segundo policiais, os dois comercializavam atestados médicos de unidades de saúde do governo, como as UPAs, e remédios controlados

iG Rio de Janeiro |

A Polícia Militar do Rio de Janeiro prendeu nesta quarta-feira (6) na zona oeste da capital dois homens suspeitos de vender receitas ou atestados médicos falsificados de hospitais públicos e também remédios controlados. O material era vendido a preços que variavam entre R$ 10 e R$ 100.

O esquema, de acordo com a PM, funcionava em uma casa na rua Maravilha em Bangu. No local, os policiais encontraram receituários médicos de UPAs (Unidade de Pronto-Atendimento) e do Hospital Penitenciário.

Os policiais recolheram também diversos carimbos de médicos. Os PMs não sabem se eles foram roubados ou se profissionais foram coniventes.

O caso será registrado na delegacia de Bangu (34ª DP) mas deverá ser repassado para a DRCCSP (Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Saúde Pública)

    Leia tudo sobre: vendareceitas médicas públicas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG