RJ: Justiça decreta prisão preventiva de acusada do caso Lavínia

Amante do pai da menina de 6 anos que foi assassinada, Luciene Reis Santana já está presa. Ela confessou o crime

iG Rio de Janeiro |

O juiz Paulo Rodolfo Maximiliano de Gomes Tostes, da 4ª Vara Criminal de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, decretou nesta terça-feira (5) a prisão preventiva de Luciene Reis Santana, 24 anos, acusada de matar a menina Lavínia Azeredo de Oliveira, de 6 anos.

A criança, filha do seu amante Rony dos Santos de Oliveira, foi encontrada morta no quarto de um hotel, no Centro de Caxias, no dia 2 de março. Ela estava desaparecida desde o dia 28 de fevereiro.

Segundo a denúncia, Luciene confessou o crime e estava em prisão temporária desde o dia 2 de março. Os advogados da ré terão dez dias para apresentarem a defesa preliminar.

De acordo com a Promotoria, a menina foi morta por asfixia mecânica e o delito foi cometido por motivo “torpe, ignóbil e abjeto sentimento de vingança interligado ao sentimento de posse que nutria pelo genitor da vítima”.

Ainda de acordo com os autos, Luciene não aceitava a iniciativa do pai de Lavínia em terminar o relacionamento amoroso extraconjugal. Na véspera do sumiço da menina, os dois haviam discutido e Luciene teria resolvido matar a criança a fim de atingir Rony. O crime é considerado hediondo.

Luciene Reis Santana é acusada de homicídio qualificado (por motivo torpe, com emprego de meio cruel, consistente em asfixia por estrangulamento, mediante recursos que dificultaram a defesa da vítima e por ter praticado crime contra criança).

Ela também responderá por ocultação de cadáver, uma vez que, após matar a menina, a ré colocou o corpo da vítima dentro da estrutura de alvenaria da cama do quarto de hotel, coberta pelo estrado de madeira e pelo colchão.

Na semana passada, a Polícia Civil anunciou que realizaria novas investigações para apurar se Luciene contou com a ajuda de alguém para retirar a menina de casa.

    Leia tudo sobre: caso menina Lavínia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG