Rio tem seis áreas com risco alto de deslizamentos, diz Prefeitura

Segundo Centro de Operações, situação é crítica nos bairros da Tijuca, Grajaú, Lins, Rio Comprido e Alto da Boa Vista

iG Rio de Janeiro |

O Centro de Operações da Prefeitura do Rio de Janeiro informou por volta das 13h30 desta terça-feira (26) que a probabilidade de escorregamento é muito alta nas encostas da região da Tijuca, Andaraí, Lins, Grajaú, Rio Comprido e Alto da Boa Vista, na zona norte após as fortes chuvas de ontem.

A orientação da Defesa Civil é para que as pessoas que moram em áreas de risco se dirijam a pontos de apoio em locais seguros e permaneçam lá até a chuva parar. E nas comunidades onde há sirenes, ao ouvir o sinal, os moradores devem obedecer a orientação dos agentes.

A forte chuva que caiu ontem na cidade deixou uma pessoa morta. Vários bairros ficaram debaixo d'água na cidade do Rio, principalmente na zona norte. Às 21h30, a Defesa Civil decretou estado de alerta na cidade após o transbordamento de rios e córregos, retornando ao estágio de atenção na manhã de hoje.

A pessoa que foi encontrada morta ainda não foi identificada. Os bombeiros acreditam que ela tenha sido carregada pela enxurrada e morta possivelmente por afogamento, na noite desta segunda-feira. Na mesma noite, uma mulher de 24 anos foi atingida por uma descarga elétrica ao se apoiar em um poste na rua Conde de Bonfim, perto do número 616, na Tijuca.

Com o transbordamento do rio Maracanã, a Praça da Bandeira foi inundada e tomada por uma correnteza, que arrastou vários carros. O canal do Mangue também transbordou, inundando a avenida Francisco Bicalho, próximo também à Praça da Bandeira.

    Leia tudo sobre: chuvasriscodeslizamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG