Rio quer criar Conselho Regional de Transporte para fiscalizar o setor

Debate sobre mobilidade urbana no Clube de Engenharia questionou eficiência de agência reguladora de transportes

iG Rio de Janeiro |

O Rio de Janeiro poderá ter um Conselho Regional de Transporte para fiscalizar o setor. Essa foi uma das propostas a serem discutidas durante um debate sobre mobilidade urbana realizado neste sábado (10) no Clube de Engenharia, no centro da capital fluminense.

Segundo os debatedores, a criação do Conselho é necessária porque a atual agência reguladora não atinge um grau satisfatória de eficiência.

Foi decidida também a criação de um Fórum Permanente da Mobilidade Urbana da Região Metropolitana do Rio de Janeiro, que se reunirá na próxima sexta-feira (16).

Entre os participantes do debate estavam Francis Bogossian, presidente do Clube de Engenharia, Agostinho Guerreiro, presidente do Crea-RJ (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia), Valmir Lemos, presidente do Sindicato dos Ferroviários e Rubens Pinto Foligono, presidente do Sindicato dos Metroviários. 

Durante o evento, foram citados problemas no setor de transportes como atrasos e preços altos das passagens das barcas, frota insuficiente de ônibus e superlotação dos coletivos, panes e equipamentos obsoletos nos trens e temperaturas elevadas nas estações e nos vagões do metrô, entre outras deficiências.


    Leia tudo sobre: mobilidade urbanaRio de Janeirotransportes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG