Rio anuncia restrições no aeroporto Santos Dumont

Voos serão reduzidos a partir de fevereiro do ano que vem

AE |

selo

A Secretaria de Meio Ambiente do Rio de Janeiro e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) anunciaram hoje restrições ao funcionamento do Aeroporto Santos Dumont. A partir de 10 de fevereiro do próximo ano o número de pousos e decolagens no terminal será reduzido de 23 para 14, entre 6h e 8h e entre 20h e 22h30.

Na licença de operação, concedida hoje, também continua a restrição aos voos noturnos. E o horário de funcionamento passa a ser das 6h às 22h30, com meia hora de tolerância para atrasos. Depois das 23 horas, os voos serão desviados para o Aeroporto Internacional Antonio Carlos Jobim (Galeão).

As medidas atendem às reivindicações de moradores de oito bairros da cidade que reclamam do ruído excessivo causado pelas turbinas dos aviões. Conforme a Secretaria de Meio Ambiente, as queixas passaram a ser mais frequentes depois da expansão do terminal e do aumento do número de voos. Os bairros mais afetados são: Centro, Santa Teresa, Catete, Flamengo, Botafogo, Glória, Laranjeiras e Urca.

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) informou que irá se pronunciar, por nota, ainda hoje sobre as restrições.

    Leia tudo sobre: santos dumontvoos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG