No Túnel Novo, pessoas dividem pista com carros e ônibus, como mostra vídeo feito pelo iG, mas festa não tem ocorrências graves

Assista ao vídeo com as cenas presenciadas pelo iG no réveillon de Copacabana:

Caso não consigar ver o vídeo, clique no link abaixo para assistir na TV iG:
Réveillon em Copacabana traz alegria e perigos evidentes

A comemoração pela chegada de 2012 em Copacabana, vencedora do prêmio World Travel Guide como a melhor do mundo, não registrou ocorrências graves. Porém, a julgar pelo que se observou no Túnel Novo, que dá acesso à Avenida Princesa Isabel, uma das principais do bairro, a ausência de incidentes relevantes pode ser atribuída também à sorte.

Leia também: Réveillon de Copacabana recebe o título de o melhor do mundo

Milhares de pedestres transitavam entre carros e ônibus sem qualquer agente municipal, sinalização ou cones para impedir acidentes. Outras cenas curiosas podiam ser vistas por toda a orla, como os policiais militares que esqueceram o serviço por alguns instantes para gravar a queima de fogos que durou 16 minutos.

Enquanto os mais animados ignoravam as placas sinalizando forte correnteza para cumprir o ritual de pular ondas, ou apenas dar um mergulho na última noite de 2011, a maioria encarou somente a água da chuva para dar boas-vindas a 2012. Inusitados também os contrastes do calçadão. Em frente ao Hotel Copacabana Palace, possivelmente o mais requintado do Rio, um baile funk sacudia o povo sem pudor.

Além do Túnel Novo, houve grande aglomeração nos acessos do metrô, mas sem atropelos. Nas ruas transversais à Avenida Atlântica, ambulantes dos mais variados faziam a festa.

Já os donos de bares na região trataram de cobrir os letreiros com preços habituais e chegavam a cobrar R$ 10 por um cheeseburguer. Os itens mais vendidos no mercado informal eram copos de plástico que piscavam com luzes coloridas e anteninhas com a inscrição "Feliz 2012".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.