Responsáveis por parque no Rio vão responder por homicídio doloso

Uma pessoa já havia morrido no mesmo estabelecimento em 2006 após cair de um brinquedo

iG Rio de Janeiro |

Pedro Kirilos/ Agência O Globo
Carrinho se desprendeu no momento em que girava em torno do próprio eixo, informou a polícia
Responsável pelas investigações sobre o acidente ocorrido em um parque de diversões na zona oeste do Rio de Janeiro na madrugada do último domingo (14), a delegada Adriana Belém afirmou nesta segunda-feira (15) que os proprietários do estabelecimento vão ser indiciados por homicídio doloso (quando se assume o risco de matar) e não culposo conforme foi anunciado anteriormente.

O carrinho de um brinquedo se desprendeu e atingiu uma adolescente de 17 anos, que morreu na hora. Outras oito pessoas ficaram feridas e duas delas estão em estado grave.

Adriana Belém tomou a decisão de mudar a tipificação do crime durante a perícia feita no parque na manhã desta segunda-feira. Segundo ela, o estabelecimento funcionava em péssimas condições. A policial, no entanto, não adiantou se vai pedir a prisão dos responsáveis pelo parque.

Segundo a delegada, em 2006, uma pessoa morreu no mesmo parque após cair de um brinquedo. Na época, o estabelecimento - que é itinerante - funcionava no bairro da Abolição, na zona norte.

Vítima estava na fila

Alessandra da Silva Aguilar, de 17 anos, morreu atingida após ser atingida pelo carrinho quando estava em uma fila para comprar ingressos na bilheteria. Localizado no bairro de Vargem Grande, na zona oeste do Rio, o parque de diversões funcionava havia duas semanas.

O espaço tinha sido alugado para a realização de uma festa “agostina”. No domingo, a polícia ouviu os produtores do evento, a dona do parque e o funcionário responsável pelo brinquedo.

A Secretaria Especial da Ordem Pública da Prefeitura do Rio divulgou que o parque não tinha alvará para funcionar. O local possuía apenas uma autorização do Corpo de Bombeiros, o que, segundo a secretaria, não é suficiente.

Assista ao vídeo sobre o acidente no parque de diversão:

Caso não consiga ver este vídeo, clique no link abaixo para assistir na TV iG:

Parque de diversões no Rio não tinha alvará de funcionamento

    Leia tudo sobre: parque de diversõesparqueacidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG