Quatro PMs são condenados acusados de vender drogas para traficantes

Suspeitos foram presos em fevereiro. Eles receberiam R$ 20 mil para repassar cocaína a bandidos da Barreira do Vasco, no Rio

Mario Hugo Monken, iG Rio de Janeiro |

Quatro policiais militares foram condenados pela 14ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro acusados de vender cocaína para traficantes da favela Barreira do Vasco, em São Cristóvão, na zona norte.

A sentença saiu no final do mês passado. Os PMs, que estão presos desde fevereiro, receberam uma pena de oito anos e dois meses de prisão.

Segundo a denúncia, no dia 10 de fevereiro, os quatro PMs, identificados como Kleber Augusto da Conceição, Elias Cotta Regis de Farias, Arésio Moreira Taylor e Marcos André Leal, que estavam de folga, foram flagrados por policiais civis com 1,9 kg de cocaína, nas proximidades do estádio de São Januário, que pertence ao Vasco da Gama.

A droga, segundo as investigações, seria vendida a R$ 20 mil para traficantes da Barreira do Vasco. Um suspeito que intermediaria o negócio foi preso junto com os policiais. Ele estava com a quantia que seria repassada aos PMs.

Segundo os autos, os PMs também pretendiam vender uma pistola para os traficantes. Na ocasião da prisão, eles estavam com quatro armas.

Pela negociação, o intermediário entre os PMs e os traficantes receberia uma comissão de R$ 2 mil. Em depoimento à Justiça, ele negou as acusações. Disse que o dinheiro apreendido com ele era proveniente do seu trabalho como garoto de programa.

Os PMs também negaram as acusações. Eles podem recorrer da decisão. O iG questionou a PM para saber se os policiais envolvidos foram expulsos ou respondem a Conselho de Disciplina mas ainda não obteve retorno.

    Leia tudo sobre: PMs condenadostráfico de drogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG