Protesto na linha férrea atrasa trens

Passageiros se revoltam e fazem protesto após falha em trem. PM e bombeiros foram acionados

iG Rio de Janeiro |

Agência O Globo
Usuários protestam na linha férrea após falha em trem

Passageiros interditaram o tráfego de trens no ramal de Santa Cruz, na altura da estação de Oswaldo Cruz, na zona norte, na manhã desta terça-feira (16). O protesto começou após um trem ter quebrado e os passageiros terem de descer no meio da linha férrea. Segundo a Supervia,concessionária que administra os trens, por causa dos atrasos, também houve tumulto nas estações de Deodoro (ramal Deodoro) e Ricardo de Abulquerque (Ramal de Japeri).

Alguns usuários revoltados chegaram a atear fogo em pneus e policiais militares foram acionados pela Supervia, concessionária que administra a via. Houve confusão, mas ninguém foi preso. Bombeiros foram chamados para combater o fogo e atender aos usuários que passaram mal com o tumulto.

Leia também : Trânsito em meia pista na BR-040 devido a acidente

No momento, a concessionária afirma que o tráfefo de trens está sendo retomado, mas há atrasos para os trens que seguem em direção à estação Central do Brasil, no centro do Rio de Janeiro.

Em nota, a concessionária informou que desde às 9h30, após quase duas horas de interdição, "a circulação está sendo retomada gradativamente".

    Leia tudo sobre: superviatrem

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG