Protesto marca 115 anos dos bondes de Santa Teresa

Manifestantes pediram a exoneração do secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes

AE |

selo

Bruna Prado / Frame / Agência O Globo
Manifestantes levaram cartazes para o protesto contra o acidente em Santa Teresa
No dia em que o transporte por bondes no bairro de Santa Teresa , no Rio de Janeiro, completa 115 anos, um protesto reúne moradores, ferroviários, vítimas e parentes do acidente ocorrido no último sábado (27). A manifestação desta quinta-feira (1) lembra a tragédia que deixou cinco mortos e ainda acusa o governo estadual de descaso com a manutenção dos bondinhos, cuja circulação está suspensa por tempo indeterminado.

"Queremos a exoneração imediata do secretário de Transportes, Júlio Lopes", disse a presidente da Associação de Moradores e Amigos de Santa Teresa (Amast), Elzbieta Mitkiewicz. Parentes do motorneiro Nelson Corrêa da Silva , que morreu no acidente, também participaram do protesto. A esposa dele, Dulce, de 52 anos, que chorava muito, passou e foi amparada pelo filho, Nelson Araújo, de 31 anos.

"Estou aqui para defender a honra do meu pai. Estão usando ele (sic) como bode expiatório para o que aconteceu. Ainda não há sequer um laudo, como ele (Júlio Lopes) pode culpar o meu pai ? Agora ele está morto, não pode se defender. Ele amava o trabalho. Era a vida dele", disse Nelson.

A Amast fez o batismo simbólico da Estação Carioca dos bondinhos, no Centro do Rio, como "Estação Motorneiro Nelson Corrêa da Silva". Uma grande faixa com a foto do maquinista foi exposta com a pergunta: "Você vai deixar que coloquem a culpa nele?".

As dezenas de pessoas, com faixas e balões negros, seguiram pelas ruas do centro aos gritos de "Fora, Júlio Lopes", "Fora, Cabral" e "Não à privatização". Na quarta-feira (31), o interventor dos bondes nomeado pelo governador Sérgio Cabral (PMDB), Rogério Onofre, afirmou que o transporte pode ser privatizado ou municipalizado .

    Leia tudo sobre: acidente com bondebondesanta teresa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG