Promotoria denuncia três PMs por suposto sequestro de traficante no Rio

Policiais são suspeitos ainda de manter a namorada do bandido como refém e pedir R$ 20 mil para não matá-lo

iG Rio de Janeiro |

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro denunciou nesta quarta-feira (25) três policiais militares que são acusados de sequestrar um traficante conhecido pelo apelido de Juninho, manter a namorada dele como refém e exigir R$ 20 mil para não matá-lo.

A denúncia relata que um dos PMs manteve sob cárcere privado a namorada do bandido na casa dela, em São Gonçalo, na região metropolitana, no último dia 11, enquanto que os outros dois PMs suspeitos saíram com o traficante para arrecadar a quantia exigida.

Um dos PMs foi preso em flagrante. Após a prisão, ele relatou os comparsas, que também acabaram presos. A polícia investiga se o traficante supostamente sequestrado teria sido morto.

A Promotoria aguarda que a denúncia seja aceita pela Justiça. Um levantamento feito pelo iG revela que, nos últimos cinco anos, a Auditoria da Justiça Militar abriu 148 processos contra 398 PMs acusados de crimes como corrupção, extorsão e roubo.

.

    Leia tudo sobre: promotoriaextorsãoPMstraficantes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG