Professor é preso suspeito de matar esposa no Rio

Paulo Antônio Nevares Alves, de 38 anos, afirmou à polícia que ela teria cometido suicídio; perícia afirma que não

AE |

O professor universitário de Direito, Paulo Antônio Nevares Alves, de 38 anos, foi preso na madrugada desta sexta-feira (29) suspeito de matar a esposa, no Andaraí, na zona norte do Rio de Janeiro.

Monique de Azevedo Fernandes, de 29 anos, foi baleada na cabeça dentro da residência do casal. A vítima foi levada pelo marido para o Hospital do Andaraí, mas não resistiu aos ferimentos.

Inicialmente, Alves alegou que a mulher havia cometido suicídio, mas a hipótese foi descartada após a perícia do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) analisar o local.

Na casa, os policiais apreenderam duas armas, sendo um revólver e uma pistola calibre 380. O professor foi levado para a Delegacia de Homicídios (DH) da Barra da Tijuca, na zona oeste, onde o caso será investigado.

    Leia tudo sobre: crime passionalperícia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG