Tamanho do texto

Um professor de jiu-jítsu, de 60 anos, foi preso acusado de ter abusado sexualmente de pelo menos quatro alunos

selo

Um professor de jiu-jítsu, de 60 anos, foi preso nesta quinta-feira (11), em São Gonçalo, região metropolitana do Rio, acusado de ter abusado sexualmente de pelo menos quatro alunos no Clube Esportivo Mauá, naquele município.

Segundo o delegado Geraldo Assed, as vítimas, duas de 13 anos, e outras de 14 e 15 anos, foram à delegacia e registraram queixa contra o professor.

Eles contaram que sofriam abusos no vestiário do clube, antes e após as aulas ministradas pelo professor. Contra ele foi cumprido mandado de prisão temporária de 30 dias, expedido pela 2ª Vara Criminal de São Gonçalo, pelo crime de estupro de vulnerável.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.