Presos suspeitos de vender livros desatualizados em universidades

Bando veio de Aracaju e foi flagrado na cidade de Campos dos Goytacazes (RJ). Livros eram vendidos a R$ 450

iG Rio de Janeiro |

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu na última segunda-feira (17), em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, seis homens e apreendeu uma adolescente de 17 anos suspeitos de integrar uma quadrilha que vendia livros nas proximidades de universidades e também de porta em porta pela cidade. O material não era atualizado. O bando foi autuado por formação de quadrilha, estelionato e corrupção de menores.

Leia também : Pirataria de livros pela internet aumenta 55% em um ano, diz associação

Segundo as informações, o grupo, que veio de Aracaju (SE), agia de forma organizada, com talões de vendas personalizados, máquina para venda através de cartão de crédito. As vendas também eram permitidas com cheques pré-datados. Os livros didáticos eram vendidos de porta em porta pelo valor de R$ 450.

O delegado Pablo Valentim pede às pessoas que se sentirem lesadas para comparecerem à 134ª DP com o material comprado e, assim, tentarem reaver o valor pago, e também ajudara polícia a solucionar o caso.

Os agentes localizaram os livros em uma casa alugada.Também foram encontrados livros no interior de uma Kombi usada pelo grupo. De acordo com as informações, a quadrilha atuava em todo território. brasileiro.

Com informações da Agência Estado


    Leia tudo sobre: quadrilhavenda ilegal de livros

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG