Preso um dos maiores traficantes de armas do Rio de Janeiro

Criminoso estava negociando lote de 20 fuzis vendidos a R$ 50 mil cada

Agência Brasil |

Um homem suspeito de ser um dos maiores fornecedores de armas pesadas para traficantes de diversas favelas da cidade do Rio e de Niterói foi preso e apresentado hoje (20) pela polícia. Marco Antonio de Morais, de 26 anos, conhecido como Marquinhos Playboy, foi capturado em Guadalupe, zona norte da cidade, depois que os agentes interceptaram ligações telefônicas.

Futura Press
Marco Antonio foi flagrado em gravação telefônica falando sobre negociação de armas
Nas conversas, o homem é flagrado negociando armas com um suposto comprador. Ele se gaba pelo armamento ser novo e por nunca ter sido usado. Ainda nas conversas, o acusado diz que os fuzis são vendidos a R$ 50 mil e as submetralhadoras a R$ 25 mil. Segundo o titular da Divisão de Combate às Drogas, Pedro Medina, a quantidade de armas oferecidas chamou a atenção da polícia.

“Na nossa interceptação, ele estava negociando um lote de 20 fuzis e o histórico de prisões de traficantes de armas aponta que eles negociam até dez. Então, vemos que é um valor significativo. Não é qualquer um que movimenta mais de R$ 1 milhão em armas”, disse Medina.

Marquinhos Playboy será indiciado por tráfico de armas. O acusado já era foragido da Justiça e morava em São Gonçalo, região metropolitana do estado. Ele foi condenado por tráfico de drogas em 2009 e, ao ser beneficiado com o regime semiaberto, por meio do sistema de progressão, não voltou mais para a cadeia.

    Leia tudo sobre: tráficoarma

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG