Fabrício Alves de Almeida transportava os criminosos carregando `bolsas¿ do conjunto de favelas do Rio à Região dos Lagos

Policiais civis de São Pedro d’Aldeia, Região dos Lagos do Rio, 125ª DP, prenderam nesta terça-feira (7) à noite um taxista acusado de transportar traficantes e drogas do Complexo do Alemão, conjunto de favelas na zona norte do Rio recentemente ocupado pelas forças de segurança. O destino era o Morro dos Milagres, comunidade de São Pedro.

De acordo com a delegada Cláudia Faissal, o taxista Fabrício Alves Almeida “admitiu que fazia o transporte dessas pessoas envolvidas com o tráfico e que via as pessoas trazendo bolsas, mas não perguntava o que era”. Segundo ela, no entanto, a polícia tem informações de que Fabrício teria transportado apenas as bolsas em algumas ocasiões, sem nenhum acompanhante.

O taxista, de 21 anos, foi preso em sua casa em Cabo Frio, Região dos Lagos. De acordo com Faissal, ele continua na 125ª DP e será transferido nesta quarta-feira para a Polinter de Araruama, município vizinho.

O mandado que possibilitou sua prisão faz parte de um inquérito instaurado em outubro deste ano para apurar o tráfico de drogas na região, que já levou 15 criminosos à reclusão. Um deles é o chefe do tráfico no Morro dos Milagres, Eduardo dos Santos Silva Neves, o Macaco Aranha, que foi preso nas operações do Complexo do Alemão. Outros cinco homens com prisão decretada pela Justiça estão sendo procurados pela polícia de São Pedro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.